23/04/2021 às 14h53min - Atualizada em 23/04/2021 às 14h39min

Literatura clássica em 360º

Projeto “Literatura Imersiva” lança minissérie 360° entre os dias 17 e 24 de abril

Karina Almeida - Editado por Andrieli Torres
Imagem de Ylanite Koppens por Pixabay
“Algum tempo hesitei se devia abrir estas memórias pelo princípio ou pelo fim, isto é, se poria em primeiro lugar o meu nascimento ou a minha morte”. É assim que começa o clássico brasileiro de 1881. É com esse aclamado romance de Machado de Assis que tem início a minissérie 360º do projeto “Literatura Imersiva”, uma parceria da Prefeitura de Campinas com a Pyntado Filmes.

No primeiro teaser do projeto, o diretor Gustavo Martinez afirma que a iniciativa “é um fomento à leitura”. Aqui, grandes mestres da literatura ganham vida por meio da tecnologia da realidade virtual. A minissérie tem o propósito de oferecer algo mais imersivo e uma experiência única na literatura clássica brasileira. Assim, os criadores pretendem estimular e atrair o público jovem.

Os episódios são lançados no canal do Youtube da Pyntado Filmes entre os dias 17 e 24 de abril, mas podem ser vistos até o final do ano. Os vídeos podem ser assistidos em realidade virtual em smartphones e computadores. O projeto é fruto do apoio da Secretaria de Cultura, da Secretaria Especial da Cultura, da Prefeitura Municipal de Campinas, do Governo Federal e do Ministério do Turismo por meio de recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei Federal n° 14.017, em 29 de junho de 2020).

Gustavo afirma que “os trechos selecionados de fato falam sobre o nosso tempo”. A minissérie é inteiramente produzida em 360º e, para o diretor, a plataforma possibilita o maior uso de recursos dentro de um espaço audiovisual. “Então a gente criou esse esse espaço interessante e imersivo em que a pessoa se sente confortável dentro de um espaço novo”, ressalta o diretor no teaser.

“Literatura Imersiva” contempla quatro obras clássicas que prometem encantar o público e despertar a curiosidade partindo da realidade virtual para auxiliar nessa missão. Foram lançados os vídeos de Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, com interpretação de Leandro Damatta; e Clara dos Anjos, escrito por Lima Barreto e interpretado por Talita Santos. Epílogos, clássicos de Gregório de Mattos é interpretado por Gustavo Martinez e, por último, Pri Junqueira interpreta A Caolha, de Júlia Lopes de Almeida.

Os clássicos são livros que encantam gerações até hoje. A experiência proporciona retratos de uma época, pessoas, costumes, culturas e tempos nos quais muita coisa era diferente. Por conta disso, tais obras trazem também muitas questões problemáticas como preconceitos de gênero, raça ou social.

Como Gustavo enfatiza no vídeo de estreia, “clássicos são atemporais”. É preciso então distinguir e estudar o contexto social e cultural no qual cada obra foi concebida. Além disso, os clássicos deixam um questionamento em cada leitor: o quanto nossa sociedade evoluiu? Carregamos alguns desses preconceitos e problemáticas até hoje? Certamente reflexões necessárias em um mundo que muda a cada instante.

Literatura é arte. É uma forma de expressar sentimentos, emoções e registrar com palavras o tempo e momento em que vivemos. Assim, o projeto visa incentivar essa arte e gerar cada vez mais valorização da arte e literatura entre os jovens.

Referências
Campinas lança minissérie com realidade virtual sobre mestres da literatura brasileira | Campinas e Região | G1 (globo.com)  
(152) LITERATURA IMERSIVA - Teaser 1 - Epílogos - YouTube

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »