29/04/2021 às 21h18min - Atualizada em 29/04/2021 às 21h15min

Peñarol vence e complica o Corinthians na Sul- Americana

A equipe uruguaia têm 100% de aproveitamento na competição e segue na liderança do grupo; Timão tem um ponto

João Fellipe Ramos - labdicasjornalismo.com
Disputa de bola Corinthians x Peñarol (Foto: Reprodução/Twitter Peñarol)
Na última quinta-feira (29), o Corinthians recebeu o Peñarol, em partida que contou pela 2ª rodada da fase de grupos da Sudamericana. O jogo acabou com vitória uruguaia por 2 a 0. Os jogadores que marcaram para uruguaia foram González e Terans. Esse resultado foi de extrema importância aos uruguaios que agora estão mais próximos de garantir sua vaga na próxima fase da competição.

PRIMEIRO TEMPO

Nos primeiros segundos, Cantillo errou na saída e entregou a bola para o Peñarol. Com isso, Cássio foi obrigado a sair e quase a equipe visitante abriu o placar na primeira chegada uruguaia, com apenas 50 segundos de jogo. A primeira do Corinthians foi com  Fágner, que trabalhou na lateral, e cruzou na área, Luan apareceu nas costas do zagueiro e contou com um erro de tempo de bola. O meia alvinegro tentou chutar de primeira e acabou isolando a bola.

A equipe alvinegra começou a trabalhar a bola nos setores centrais do campo, em boa troca de passes, Fábio Santos tocou para Luan na entrada da área, porém a finalização foi no centro do gol e Dawson encaixou a bola. Em troca de passes, o atacante Terans fez a parede, girou e entregou uma assistência para González, que apenas tocou na saída do goleiro Cássio, inaugurando o placar uruguaio dentro da Neo Química Arena.

Ao tomar o gol, o Corinthians foi em busca do empate e criou oportunidades.  tentou de letra e a bola voltou nos pés de Bruno Méndez, que chutou encima do zagueiro uruguaio, dessa forma, evitou o gol brasileiro, poucos minutos depois. A equipe alvinegra depois do gol, os zagueiros ficaram com dificuldades de se posicionar novamente. Com isso, Juan Acosta cruzou na cabeça de Terans, que subiu sozinho no centro da área, e obrigou grande defesa de Cássio, evitando o segundo gol uruguaio.

Nos últimos minutos, Léo Natel cruzou rasteiro, e a bola chegou no pé de , porém ele pegou de forma meio estranha e a bola voltou na direção de Natel, perdendo uma boa chance de empatar ainda na primeira etapa. A etapa inicial foi de equilíbrio, porém o Peñarol aproveitou melhor suas oportunidades, exigindo defesas importantes do goleiro Cássio, e a equipe paulista criou suas chances, mas pecou na finalização.

SEGUNDO TEMPO

Na volta, o Corinthians tentou agredir mais nos primeiros minutos, porém a equipe teve muita dificuldade em acertar o último passe. Em contrapartida, o Peñarol trabalhou bem a bola e em uma inversão de bola, Piquerez cruzou para Terans sozinho embaixo das três traves ampliando para a equipe uruguaia. Após o gol, Vagner Mancini começou a mexer na equipe, tirando Luan, Léo Natel e Camacho para a entrada de Ramiro, Vitinho e Gustavo “Mosquito” Silva. Essas alterações tiveram o intuito de melhorar a criatividade ofensiva alvinegra.

Já pelo lado do Peñarol, José Larriera também fez três alterações, colocou Ceppelini, Canobbio e Schiappacasse, nos lugares de Torres, Acosta e Terans. Com esses nomes o time visitante ganhou mais fôlego ofensivo. As trocas corinthianas não sofreram nenhum efeito na postura da equipe paulista, com isso o elenco perdeu força ao tentar buscar dois gols de empate, mesmo que tenham colocados os garotos da base. Assim, o time se complicou dentro da competição.


Segundo gol da equipe uruguaia com Tereans (Foto: Staff Images/Conmebol)

Nos últimos minutos, em falta na entrada da área Fágner cobrou falta por fora da barreira, e a bola bateu na trave e a zaga uruguaia rifou a bola para longe para tirar o perigo de perto da área já nos acréscimos da partida.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

As equipes vão jogar pelos campenatos dos seus países. O Corinthians tem importante jogo contra o São Paulo, o famoso Majestoso no próximo domingo (2), às 16h. Já o Peñarol só está disputando no momento a Sudamericana, logo seu próximo confronto é contra o River Plate-PAR em seus domínios, na próxima quinta-feira (6) às 21h30 (horário de Brasília).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »